Glândula adanal – reação alérgica a grama 1


glandula-adanal-hankpequines-siteEu já tive alguns problemas com as glândulas adanais. Aposto que muitos de vocês não sabem o que é ou onde ficam essas glândulas. Normalmente elas passam despercebidas pelos donos dos pets, até que para alguns cachorros elas se tornam um problema.

No Blog do Amamos Cachorros tem um artigo explicando tudo sobre a glândula adanal, se você tiver dúvidas sobre o assunto, recomendo a leitura. Clique no link ao lado para ver o artigo Glândula Adanal – Amamos Cachorros.

A glândula adanal também é conhecida popularmente como Saco Anal.

Eu já tive duas inflamações mais complicada nas glândulas adanais, em uma das infecções chegou a abrir uma fístula na pele. O tratamento é a base de antibióticos, anti-inflamatórios e pomada no local.  Lembre-se de consultar um médico veterinário se isso acontecer com seu cachorro.

Quando ocorreu a minha segunda inflamação, o veterinário orientou que observássemos o inicio dos primeiros sintomas, para tentarmos descobrir a causa do problema. Esse tipo de inflamação está relacionada a fatores alérgicos e/ou genéticos.  Então, começamos a achar que tinha alguma relação com a tosa, pois normalmente começava a apresentar alguns sintomas logo depois da tosa com a máquina. Mas com tempo percebemos que não era a tosa, mas sim a grama.


Alergia a grama

Isso mesmo, tenho alergia a grama. Foi observado e comprovado que quando eu ficava muito tempo na grama a glândula acabava inflamando.

Eu posso pisar e brincar na grama, mas não posso ficar muito tempo. Caso isso aconteça, no outro dia já vou começar a apresentar alguns sinais de possível inflamação na glândula: Espirros, labeduras nas patas, tentar morder o rabo ou bumbum. Nesse momento é dito e feito, basta dar uma conferida no local e ver um leve vermelhão, ou seja, um início de uma irritação no local.

E agora?

Quando o problema ainda está no início é possível resolver em casa. Uma veterinária amiga ensinou o procedimento necessário para apertar e drenar o liquido da glândula, garantindo assim que ela não inflame e não cause maiores problemas. Nesse tipo de caso eu não preciso de medicamentos, só observar o local nos próximos dias.

No próximo artigo vamos falar se devemos ou não apertar a glândula adanal.

Volto a repetir, se seu cachorro apresentou algum problema com a glândula adanal, não tente resolver isso sozinho. Leve seu cachorro a um veterinário e siga as orientações indicadas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Glândula adanal – reação alérgica a grama