Carrinho Pet, vale a pena investir?


Queremos relatar a nossa experiência com o famoso carrinho Pet. Quando os primeiros carrinhos Pets surgiram no mercado ficávamos pensando “Para que colocar o cachorro num carrinho se o legal é deixá-lo caminhar e se exercitar? ”. Mas como tudo na vida muda, hoje temos uma visão muito diferente sobre o assunto.  Mas e ai, vale a pena investir no carrinho Pet?

Essa mudança de opinião aconteceu quando nos mudamos para um condomínio maior. Para a nossa surpresa o condomínio não aceitava cachorros e gatos circulando no chão, mesmo que estivesse na coleira e guia. Dentro dos apartamentos, os condomínios são obrigados por Lei a aceitaram animais de estimação, mas a conduta adotada da porta para fora de cada apartamento é estabelecida em assembleia. No nosso condomínio, portanto, os cachorros e gatos só podem circular nas áreas comuns do prédio se estiverem no colo.

É obvio que esse motivo não iria nos impedir de levamos nosso cachorro para passear e caminhar na rua todos os dias. Foi então que tivemos a brilhante ideia de aderirmos um carrinho Pet, e sinceramente, podemos confessar que foi um dos melhores investimentos que já fizemos para o nosso cachorro.

Mas e ai, a ideia não era deixar o animal caminhar e se exercitar? Sim, com certeza a ideia sempre foi essa. Conforme mencionado acima, o condomínio em si é bastante grande, e até chegarmos à rua ou espaço pet se torna um pouco cansativo e pesado levá-lo no colo. Então utilizamos o carrinho todos os dias, vamos até a rua com o Hank dentro do carrinho, após ele vai para o chão, podendo caminhar e se exercitar normalmente.

 

Hank e seu carrinho Pet.

O carrinho em si tem inúmeras outas vantagens. Hank é da raça pequinês, portanto suas pernas são bem curtas, (conforme o padrão da raça). Hank sempre gostou muito de passear conosco, seja em shoppings, parques, exposições, entre outros, porém ele acabava cansando muito rápido, e por esse motivo tínhamos que pegá-lo no colo ou muitas vezes até mesmo acabava ficando em casa. O Hank também tem um pequeno problema na coluna, o famoso “bico de papagaio ou hérnia de disco” resultado de ter saltado do sofá e caído de mau jeito. Portanto a coluna dele precisa de uma atenção em especial para evitar futuros problemas, e segura-lo muito tempo no colo não é o aconselhável. Agora com o carrinho é perfeito, nosso cachorro vai conosco em praticamente todos os lugares, Hank simplesmente chama a atenção de todos quando está passeando conosco dentro do seu carrinho. O mais bacana que ele adora o carrinho e sempre relaciona o mesmo com passeios legais e divertidos.


 

Quanto custa?

Os valores são bem diversos, porém não podemos dizer que são baratos. Conforme pesquisado o valor mais baixo no mercado é aproximadamente R$ 220,00 e o valor mais alto fica em torno de R$ 2600,00.

Se você pensa em comprar um carrinho Pet recomendamos que faça um teste em um Petshop com seu cachorro dentro do carrinho, pois alguns animais mais ativos não se adaptam bem.

Retornando a pergunta inicial “Mas e ai, vale a pena investir no carrinho Pet?” Sim, com toda certeza. O único arrependimento foi de não ter comprado antes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *